blog

Controle de Pragas

Monitoramento e Controle de Pragas na Rede Pública de Esgotos

            O Serviço Autônomo de Água e Esgotos de Lençóis Paulista, através da contratação de empresa especializada, realiza o monitoramento e controle de pragas na rede pública de esgotos. Tem por objetivo controlar a população de baratas e roedores neste ambiente propício para o desenvolvimento de ambos, pois fornece abrigo e alimento.
            A desinsetização é realizada por meio da aplicação de inseticidas, por pulverização e termo nebulização. A primeira consiste na aplicação do inseticida diretamente na parede do PV (poço de visita), de forma que cubra sua superfície interna e tem efeito residual. Segundo o Ministério da Saúde, a “aplicação residual de inseticidas consiste na pulverização de inseticidas em paredes ou outras superfícies utilizando equipamentos costais que deixam uma determinada quantidade de inseticida por metro quadrado”. Já a termo nebulização tem efeito desalojante e consiste no uso de equipamento específico que aplica calor no inseticida líquido transformando-o em neblina, dispersando, com maior alcance que a pulverização, minúsculas gotículas que ficam suspensas no ar por mais tempo, na tubulação de esgotos.
            Quando as baratas desalojadas da rede de esgotos tentam escapar pelo PV, elas se contaminam com o inseticida de efeito residual e, logo, morrem. Pode parecer indesejável encontrá-las na calçada, próximo ao muro ou no quintal, mas é melhor que estejam mortas e com sua população controlada. A aplicação de inseticida ocorre em todos os poços de visita da cidade, três vezes por ano.
            A desratização é realizada mediante a instalação de iscas rodenticidas, que atraem os roedores para a mesma que, ao comê-las, morrem. Esta ocorre em poços de visita alternados, considerando o raio de locomoção das famílias de roedores.

 

VOLTAR